segunda-feira, setembro 01, 2008

INICIATIVAS DO SORUMBÁTICO E DO TRAVESSA

Caminha (sem Fortes)

O facto de ter sido referida aqui a Carta de Pêro Vaz de Caminha, levou a que se decidisse promover um passatempo que, tal como o anterior, será feito em colaboração com o Sorumbático, e cujo prémio será um exemplar do livro que na imagem se vê.

Quanto ao critério para a sua atribuição:

Devido a uma perversa associação-de-ideias (com a peripécia do Marco Fortes, o já famoso atleta de lançamento do PESO), o livro de CAMINHA será enviado ao leitor que, até às 24h de quarta-feira, dê a resposta que mais se aproxime da correcta à seguinte pergunta:


Qual o PESO do livro?

NOTAS: o valor a considerar será o indicado (em gramas, sem décimas) pela balança que se vê na imagem.
No caso de haver mais do que uma resposta certa, o prémio será atribuído ao primeiro leitor que a der.

Boa sorte!

49 comentários:

Miguel disse...

Desde já venho agradecer o comentário que deixou no meu espacinho na world wide web. Só hoje tive oportunidade de o ler, e a partir de hoje serei um cliente habitual, com muito gosto, da «Travessa do Ferreira». Se surgir a oportunidade, darei uma olhadela ao «Morte» e irei aconselhá-lo às pessoas se for de qualidade (que suspeito que é).

Já agora arrisco que o livrinho será coisa para 169 gramas.

Abraço.

Nuno disse...

227gr

Leandro Jardim disse...

123 gramas :)!

abs
Jardineiros

r_ogeri_o disse...

gostei da ideia do passatempo. cativa o imaginario das pessoas. sou heroi para um dia destes fazer o mesmo :)

quanto ao seu blog esta muito bem escrito:)

Carlos Medina Ribeiro disse...

Rogério,

Já agora, sugere-se-lhe uma visita ao "outro" blogue (http://sorumbatico.blogspot.com/, onde o Antunes Ferreira publica aos sábados) onde há outros passatempos semelhantes - com os mais variados critérios para atribuição dos prémios.

A Senhora disse...

Vim através do Observador e, como mulher, curiosa...
Mas sou péssima em pesos e medidas. Mas vou chutar, mesmo assim: 97 gramas.

Abraços.

expressodalinha disse...

Venho retribuir-lhe a amável visita e garantir-lhe que passarei a aparecer mais vezes. Vou analisar a sua obra que, desde já, me parace muito interessante. Os temas históricos são para mim aliciantes. Em breve vou iniciar a "minha" versão da história da colonização do Brasil, visto que tenho muitos leitores brasileiros. Vá aparecendo. Abraço.

La Sonrisa de Arturo disse...

Querido Antunes:
Meu nome é Esther, eu son a nai de Arturo. O meu galego está un pouco oxidado pero coido que entenderás mellor o galego que o castelán, ti e os teus lectores que escreven en portugués. Prometo repasar galego...

Agradéchote o comentário que deixaste no noso blog. E por suposto lerei o teu blog e informarei do contido do mesmo. Espero que teñamos tempo de coñecernos. Gracias en nome do meu fillo. Esther.

Sandy disse...

Hola, es un gusto muito prazer asi se escribe? pasar por aqui, ud ha dejado en mi espacio un escrito y me ha hecho sonreir hombre en este dia y se lo agradezco, esto de los blogs realmente es una cadena y usada con el corazon diariamente produce estos pequeños milagros de saber que existe gente de ley, como imagino y tengo certeza de que asi es ud y su Flia, obrigado por pasar yo pienso repetir esta visita mas a menudo y le hechare una mirada a su libro cuando tenga calidad de tiempo para leerelo como se merece, un gran abrazo, Sandy.( demas esta decirle que me encantaria hablar portugues pero no salgo de mi humilde castellano jaja, de todas maneras entiendo bastante, asi que no hay problema si ud quiere escribir en su idioma, de paso practico vale?)

Corine disse...

Terá com certeza todo peso que cada leitor lhe quiser dar.

cem(sem) gramas!

GMV disse...

Apesar de um livro não se "medir" em peso, cá vai: 93 gramas.

vimaguin disse...

...depende do livro, para mim fica incalculável este feito...mas de qqr forma vamos lá: 310 gramas.

R. da Cunha disse...

Peso certo: 223 gramas

Anónimo disse...

-O livro em concreto tem o peso da viagem...e da gentes que nele são descritas o peso do Índio das terras de Vera Cruz.
a.ferreira

Karine Leão disse...

Entrei aqui, nada por acaso, já que gosto de viajar pelos blogs e me deleitar com as palavras que nos levam a viajar...
Infelizmente não posso entrar na brincadeira... um livro não tem peso ou é tão pesado que balança alguma pode alcançar... um livro vale mais... muito mais do que gramas... um livro encanta, diverte, ensina, informa, diáloga com o leitor... um livro vai além do peso!

Gostei muito do seu espaço e vou aos poucos, lendo-o!

Beijo Karinhoso e uma ótima semana!

Antunes Ferreira disse...

A-V-I-S-O!!!!!!!!!!

O Rigulamentio (kenãoseiondequeraioometi!!!) não proíbe as gentes de mandarem mais de um palpite. Quer-se dizer-se: resposta. Cada um é como cada qual: manda as que quisere - se puder e ainda for capaz. Respostas, claro.

Atão, avinssem!!!!!

vimaguin disse...

...aiminhanossasenhoradosmeusais!!! se eu tivesse um parente
que portasse "quatorze euros e setenta centavos", com toda certeza
eu estaria morando com ele...rsss...

agora, se o nobre escritor bem humorado, quiser, poderá
a título de divulgação, pra não dizer caridade, presentear com
um exemplar esta pobre mulher aposentada aqui no Brasil, rsss,
seu livro será muito bem divulgado...

portanto imagine você, meu lindo, o parco salário que recebo por mês,
e isso é claro, me coloca em condições de somente gastar
o essencial e olhe lá...
(ultimamente nem sei mais o que é essencial, ou não)...

enfim, estou vendendo o almoço para garantir o jantar...rsss...

cê num tá cum dó de mim???...

brincadeiras à parte, amo pessoas bem humoradas, de-bem-com-a-vida,
estas nos faz bem em tê-las por perto...

portanto amei vê-lo lá no meu humilde barraco.
humilde mas sempre de portas abertas para pessoas
como você e sua "troupe" é claro!...

posto isso, contarei minhas moedas, e quem sabe
com um bom desconto até poderei ser uma feliz
portadora de mais um best seller luzitano...

desculpe-me a brincadeira...aqui encontrei alto astral,
por isso me atrevi...muahhhhhhh

vimaguin disse...

ahhh! deixo-lhe meus "imeius":
vivifelicce@yahoo.com.br
vivifelicce@gmail.com

JC disse...

Gosto de visitar o seu blog. Escreve sempre com uma qualidade invejável.
Mesmo os desafios que nos deixa cada vez mais enriquecem o seu blog.
Um abraço

Bill Stein Husenbar disse...

Excelente ideia.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

Paola disse...

Olá!

Peso do livro? Não sei não. Talvez 290? Não! Antes 180? 168? 95? Desisto. Não sei mesmo!

Beijinhos

Carlos Medina Ribeiro disse...

Atenção:

Quando for anunciado o vencedor, ele deverá escrever, no prazo de 48h, para sorumbatico@iol.pt, indicando a morada para envio do livro.

O envio será feito - o mais tardar - no próximo dia 8.

RAMOSFOREST.ENVIRONMENT disse...

Agradeço sua visita ao meu espaço e e retribuo.
Gostei muito daqui, de seus escritos e da leveza e descontração dos seus textos.
Meu palpite sobre o peso do livro: 196 gramas!
Meu "imeil": lrsf@globo.com

* hemisfério norte disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
* hemisfério norte disse...

o peso do livro
é igual ao peso
das palavras
expostas e das
camufladas
.........(entrelinhas enteadas)

depois de o ler
fica mais leve
roubo sempre algumas para mim
:)
bj
ana

9:01 PM

Lu Cavichioli disse...

Olá Antunes Ferreira, vim retribuir tua visita em meu blog e agradecer tuas palavras tão bem plantadas em meu canteiro. Acho que nesses anos de blogueira nunca recebi um comentário tão quilométrico quando o teu. Mas saiba que gostei a beça. Tu és portugues, muito que bem, pois eu tenho uma parte do sangue morruga por parte de pai. Tenho muita vontade de conhecer a terrinha, mas ainda não houve oportunidade.

Quanto ao teu e-mail, vamos sim conversar e trocar "coisinhas" rsrsrs... posto que é jornalista e deves escrever muito bem.
Sou autora de um livro que lancei somente há dois meses. Se quiser me fale que te envio, ou melhor, podemos "livrar" como diz uma amiga minha. Trocamos os livros, o que acha?
Vamos nos falando!
Seu blog é muito interessante e inteligente.
Abraços da neo amiga da terra brasilis.

com senso disse...

O peso da História do Achamento das Terras de Vera Cruz penso que ainda não foi devidamente calculado.
Esse é um dos tais casos em que a obesidade do facto não tem parado de crescer.... Muito saudavelmente, acrescento!
Um abraço

vaandando disse...

Olá Caro Ferreira ,
Cada vez mais desafiador... Sou mau ou mesmo péssimo nestas coisas, mas quem não alinha não caminha e eu cá vou andando... Pois lá vai 87gramas...

um abraço! JOSÉ RibeiroMarto

Maria disse...

Um desafio tão interessante quanto o conteudo do livro!

Vou arriscar em 175 gr.

Parabens pelo blog. Voltarei!

Beijinhos

Antunes Ferreira disse...

O-L-Á G-E-N-T-E

Quando começr a responder será, primeiro para declarar o(a) vencedor(a). E para receber o lvro - já sabem: o Carlos Medina Ribeiro éké o bosse e manda nestas coisas - e noutras. Tomem, por conseguinte, a maior A-T-E-N-Ç-Ã-O ao que ele determine e mande publicar. Nihil obstat. Imprimatur

dany disse...

buenas, vengo desde mi blog, muy agradecida por tus cumplidos,me gusta tu blog, me cuest un poco el idioma, pero algo entiendo=)...pasaremos a los contactos tu direccion con mucho gusto, si esto contribuye en algo, y estate seguro que volvere por aqui bastante seguidito..un beso

Dalinha Catunda disse...

Oi Ferreira vou chutar: 220 gramas é o peso do livro. Porém, o que pesa mesmo nesse jogo é a reunião de pessoas em volta de um livro.
Um abraço e obrigada por marcar presença em meu blog.
Dalinha Catunda

Ricardo Tomás disse...

Desde já o meu obrigado pelo comentário que deixou no meu blog, o seu sítio parece-me deveras interessante apesar de só ter aflorado alguns posts até ao momento, no entanto fica a promessa de futuras visitas à Travessa do Ferreira.

A terminar arriscaria o peso de 211 gramas para o meu lançamento.

Cumps

Jorge Cardoso disse...

olá antunes ferreira, obrigado pelos largados elogios ao meu blog, desconheço se são merecidos, no entanto fico feliz por haver desse lado alguém que reconhece o meu trabalho, mesmo com as carencias que um ponto ali e outro acolá resultem de uma escrita algo metafórica principalmente no que resulta da minha poesia e algo filosófica na prosa. tudo isso passa por um trabalho exaustivo de pensamento exteriorizado nas minhas palvras e necessário ao meu desemvolvimento intelectual.

quanto ao que vim encontrar deste lado, isto é, no teu blog! gostei imenso! tem qualidade acima da média, é jornalistico,é maduro e é sensivel! por tudo isso e algo mais gostei e voltarei sempre!
confesso que me minimizo perante tal experiencia do teu saber!

quanto ao meu contacto vou mandar e podes enviar correspondencia para esta morada...carimbo.blogspot@gmail.com o teu livro ainda não tive oportunidade de conhecer, um dia destes comprarei e darei a minha opinião!

para terminar e no que respeita ao peso desse livro arriscaria 192gr

Abraço e até um destes dias...

CORNELIVS disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Isabel-F. disse...

Olá Rico,

Já conhecia estes passatempos do Carlos Medina Ferreira ... são bem interessantes ... pois incentivam a interacção entre blogues, o que é salutar ... às vezes sigo-os no Sorumbático ou no Do Portugal Profundo ... mas rsss... nunca tive sorte nenhuma....

quanto ao peso do livro? não sei ... é mais grosso ou mais fino que o teu Morte na Picada? ... só para poder ter um termo de comparação ...


beijinhos para ti e Raquel

Juan Luis disse...

Hola Antunes.

Disculpa mi desconocimiento a la hora de escribir en portugués. Por suerte puedo leerlo y comprenderlo un poco. Qué simpático y original concurso.

Muy agradecido por tu visita a mi blog y deseo muchos éxitos a tu libro Morte na Picada.

Un abrazo.

Pedro Amorim disse...

325 g

Carlos Rebola disse...

Caro Antunes Ferreira

Em papel e tinta não sei o peso desse livro, nem todas as balanças dão o mesmo valor em gramas, os intervalos de erro são muito variáveis, dependentes de quem pesa e da balança utilizada.
No entanto a mensagem que contém e dirigida a El-rei D. Manuel tem o peso de um "feliz" erro de navegação, tem o peso do "mar salgado" cujo sal também são "lágrimas de Portugal", pesa em ouro o convento de Mafra, pesa a imposição da "fé cristã" aos "ameríndios" pesada em metais preciosos em trocas comerciais para "salvação" daqueles, pelos mestres do comércio da evangelização "os jesuítas", pesa a ausência da vergonhas de "exporem as suas vergonhas" inocentemente.
Pesa acima de tudo a responsabilidade e lealdade de um homem "povo", que literariamente, escreve um dos mais importantes documentos dos achamentos, de terras até então desconhecidas. Ainda hoje na minha terra se lembra o 3 de Maio como o "lindo dia da Vera Cruz", graças à descrita vivência descrita por Pêro Vaz. A escrita que o livro contém não é mensurável em gramas nem em "arráteis" ou "mazes" mais apropriadas para pesar "sal e pimenta". O peso do papel faz-se directamente do "eco-papelão", a História não tem peso em gramas e não pode ser recilada. Mas pesa, ai se pesa...
Que o(s) livro(s) seja(m) retirado(s) de cima da balança ou da prateleira da estante e se torne fisicamente mais pesado, com o acumular do sebo dos dedos nas suas folhas, uma provável marca de leitura que os olhos não deixam. Asim o peso do livro é variável... e o passatempo está bem pensado, chama a tenção do livro e divulga-o.

Um abraço bem temperado
Carlos Rebola

Ferreira-Pintto disse...

Vi os seus escríticos algures por aí e tomei a liberdade, espero que não seja tomada por ousadia, de aqui arrimar.

Um projecto interessante e a pedir leitura atenta. Parabéns.

Quanto ao peso, qual será o verdadeiro peso de uma obra de mestre? 123 gramas? Talvez.

Carlos Medina Ribeiro disse...

Isabel F.

O meu nome é Ribeiro (e não Ferreira), mas não tem mal. Aliás, costumam chamar-me "Medina Carreira"...

Quanto a ter uma ideia do tamanho do livro, basta olhar para a foto.

Por outro lado, também ajuda o facto de se saber qual é o conteúdo (a Carta de P.V.Caminha)

Ricardo Martins Pereira disse...

219 gramas.

Anónima Salina disse...

São 200, pá
são 200 gramas.

Beijinhos ao Chefe AF
AS

João Rodrigues disse...

Aposto em 50 gramas.

Anónimo disse...

Aposto noventa gramas com envelope e tudo.

Concurso bem pensado parabéns.
Abraço

Manuel Araújo disse...

Vamos lá... 210gr

Abraço

expressodalinha disse...

O livro tem o sabor da descoberta e o peso do colonialismo.

Antunes Ferreira disse...

P-A-R-A-B-É-N-S J-O-Ã-O!!!!!!!!!

Mais uma maratona, desta feita de quase 301 e tais horas, fora os arredondamentos. O juri declara-se fatigado, esfalfado, esvaído, e outras coisas terminadas em ido que só o pudor impede de referir objectivamente, tal e qual. Mas muito satisfeito.

Também o Henrique, o Armando, o Antunes e o Ferreira, seguindo escrupulosamente os ditames do famigerado Carlos Medina RIBEIRO, neste momento com o estatuto de fugitivo e, ainda por cima, em parte incerta, deliberou de novo POR UNANIMIDADE. O vendedor, com c' foi o

JOÃO RODRIGUES!!!!!!!! Muitos parabéns!!!
O livro pesa... 62 gramas. E o JOÃO foi quem mais se aprochegou: 50 gramas.
Está conforme
ass)Henrique Armando Antunes Ferreira

Os restantes caríssimos, estimadíssimo e empenhadíssimos concorrentes andaram por tonelagens «esmasiadas». Nem num contentor se poderia enviar o prémio. Mas, fiquem bem e tranquilos: não faltarão oportunidades, ali ao virar da esquina.

Para o João: a fim de receberes o merecido galardão, cumpre, sem margem para dúvidas ou indecisões, o que o Medina manda.

Podes entrar em contacto com o bósse pelo sorumbatico@iol.pt
Abs

Carlos Medina Ribeiro disse...

ATENÇÃO!!

Até ao momento, João Rodrigues, vencedor deste passatempo, ainda não indicou morada para envio do prémio.

O prazo para o fazer (escrevendo para sorumbatico@iol.pt) termina às 9h de amanhã, dia 8 Set 08.