sexta-feira, setembro 12, 2008



MESMO A SÉRIO

…ao fundo do túnel


Antunes Ferreira
É sabido,
consabido e, até, multissabido (deixem-me pleonasmear ou neologismar…) que é universal a asserção «uma luz ao fundo do túnel». Em Portugal, Mário Soares ficou ligado a ela quando tentou alimentar as esperanças dos Portugueses num futuro melhor, aquando dos momentos realmente muito difíceis que se viviam nos domínios financeiro e económico, quando o FMI era um examinador impiedoso face ao aluno cábula, desleixado e mal comportado que o nosso País era. Ficou gravado nas memórias de quase todos nós um nome: Tereza Ter-Minasian. E por aqui me fico.

Políticos, dirigentes, empresários, religiosos (são apenas uns parcos exemplos da panóplia universalizada) todos eles usam a expressão e, frequentemente, dela abusam. Serve para tudo, mas principalmente para anunciar caminhos perfeitos ou quase que contentem os cidadãos quanto ao futuro.



É utilizada, tão repetidamente e por tanta gente, que hoje é uma prostituta vulgar. Podia ser uma call-girl eufemísticamente rotulada. Mas, não. É uma… mulher de vida fácil, a que normalmente chamamos uma meretriz, sem receios puritano-linguísticos, uma puta. Pobre afirmação. Na sua raiz uma intenção esplêndida; no dia-a-dia, uma acusação cáustica: rameira.

A que vem este arrazoado? O destemperado propósito (?) do incêndio ocorrido na quinta-feira no Túnel sob a Mancha. Desde a sua inauguração em 1994, aconteceram nele apenas dois desastres complicados, qualquer deles incêndios, As pessoas que o utilizam podem, naturalmente, comentar, olá, que boa trampa nos saiu esta prenda. Dois acidentes graves em 14 anos, para além de outros, menores, é obra, é preocupante, é o diabo.




Para os proprietários do segundo maior túnel do Mundo – registe-se, a título informativo e rememorativo que o primeiro é japonês – o comentário é bem outro. Em 14 anos de existência, só se verificaram dois eventos de proporções grandes e, felizmente, sem vítimas mortais em qualquer deles. Não é o caso do copo quase vazio para uns e quase cheio para outros: nele a água está a metade do recipiente. Quem não o está são os que emitem as opiniões.

O incêndio, de acordo com fontes oficiais, foi extinto umas quantas horas depois de ter deflagrado. Ele deveu-se a um camião cisterna que transportava materiais inflamáveis e que terá tombado. O fogo que aconteceu espalhou-se a outras cerca de 30 viaturas. Seis camionistas receberam cuidados hospitalares devido à inalação de fumo.

A Lusa e a RTP conseguiram contactar um condutor de um camião português, Eric Costa que informou que outros portugueses tinham sido também «encurralados» no Eurotúnel por via do acidente. As diligências para que se tivessem obtido tais resultados ficam com os seus autores, demonstrando, uma vez mais, que quando nos metemos de cabeça nas coisas mais complexas, conseguimos atingir os nossos objectivos. Somos, regra geral e como o tenho escrito, mauzinhos. Mas, por vezes…



Neste novo caso da passagem subterrânea do canal da Mancha bem se pode dizer que, para os que ficaram apanhados na ratoeira, foi muito difícil encontrar a famosa luz ao fundo do túnel. As conclusões do imbróglio seguirão dentro dos momentos que sejam considerados necessários. Há, porém, uma que já se pode apontar. Nele não dever haver acusações contra José Sócrates ou contra o seu Governo. Desta – safaram-se. O que é cada vez mais raro. Já quanto a Carlos Queiroz…

(Também publicado no www.sorumbatico.blogspot.com , no http://www.anonimasalina.blogspot.com/ e em mais uns quantos. Qualquer ainda me chamam fábrica de encher chouriços...)

11 comentários:

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Ferreira:
Não fechei o Blog devido a línguas maledicentes como disse que ia fazer. Fiz um post um pouco mais longo do que os outros, porque no fim o enchi de flores. Que cada qual pegue o seu buquê e o guarde como uma recordação minha. Espero por vc.
Um abraço,
Renata
wwwrenatacordeiro.blogspot.com

Mac Adame disse...

Desta vez não se pode acusar o Zé Pinto de Sousa porque não foi ele que projectou o túnel nem consta que o tenha assinado. Se tivesse sido ele, já tinha caído. Mesmo só com a assinatura.

Antunes Ferreira disse...

Renata

a) O meu primeiro nome é Henrique. Usa e abusa.
b) Deixa-te de fitas. Gostas mais do teu blogue do que eu de vatapá. Ou de cozido à portuguesa. Nunca o vais encerrar. Nem pó!...
c) As flores são tuas, foram-te enviadas. Mandar o buquê é para recem casada...
Qjs

Antunes Ferreira disse...

Mister Mac

Hoje já não há adame, é só asfalto e autoestradas. Coitado de Sua Insolência o Senhor Primeiro Ministro. Mas, ele jura a pés juntos que nunca tunelou. E fez muito bem. É só cortar na casaca, éoké.
Abs

Pintinho disse...

Em 14 anos de existência parece-me que tem uma segurança bastante boa. É claro que podemos sempre extrapolar inúmeras teorias para tentar provar o contrário.

Abraço

mugabe disse...

Teresa quê ????? ah devia fazer uns belos broches, pois !!!

O Marocas Soares nessa treta de que falas não foi nada disso, mas como é subejamente conhecido, foi um aliado da CIA com o Carlucci com medo dos comunistas e deu origem à política neoliberal que temos que aguentar agora. Não posso ter respeito por um partido de paneleiros, pedófilos e filhos da puta em geral que exploram o povo português por todos os meios.

Antunes Ferreira disse...

Senhor Mugabe/anónimo

Faça o obséquio de fechar essa cloaca imunda, o que desde já lhe agradeço. E ficar-lhe-ei também muito grato se for bolsar asneiras, patacoadas, palavrões e afins para outro lado. A não ser que prefira que eu o mande àquela parte. Ou abaixo de Braga.

Não venha aqui ao Travessa, Senhor Anónimo/mugabe - que se esconde sob um nome ignominioso - porque não faz cá falta nenhuma. Este é um blogue de GENTE DE BEM (o que penso não ser o seu caso), não de gente bem, e não é um covil onde, creio, se sente bem.

Nesta casa entra quem entende que o deve fazer: chama-se a isto Liberdade e Democracia. Mas, a cidadania que lhes está na base é indissociável das boas maneiras, da boa educação, do trato vertical, honrado e coerente - que penso não se lhe aplicar.

Continuarei a fazer o que sempre fiz: repudiar qualquer tipo de Censura (que sofri na pele, sofrimento de que não me arrependo por terçar armas por uma causa justa - o derrube da ditadura salazarenta-marcelista).

Por isso, os comentários (com u, como os seus) aqui ficam sem que ninguém os impeça de o fazer. Ponto final parágrafo. Na outra linha.

Não gosto de o ver cá; não o quero cá; mas também não quero censores, que desprezo ou controleiros que abomino. E, no seu caso, até se justificaria uma autoridade que o impedisse de fazer o que faz - pessimamente, criminosamente. Mas não se pode ter um guarda para cada cidadão.

E, ainda por cima, como poderia ter-se um olho no burro, outro no cigano, se quer um, quer outro, se podem chamar Mugabes anónimos & CIA Ilimitada.

Esforço-me, como vê, por não utilizar a baixa terminologia em que o Senhor Anónimo/Mugade é useiro e vezeiro. Não me baixo a tanto. Nem eu o faço, conscientemente, nem o senhor o mereceria.

Olhe, senhor Mugabe/anónimo, estou farto de si. Se calhar há mais quem esteja. Largue-me a braguilha, senhor Anónimo/mugabe. Se o não fizer, ainda muita gente ficará a pensar muito mal de si... ainda que tais procedimentos estejam na moda e já os que os praticam estejam na mó de cima. Antes, estavam por baixo. Vidas...

Pase bem senhor M/A. Já lhe dei demasiado tempo de antena. Aos comentadores sérios e a sério as minhas desculpas por est intromissão descabelada. Fico-me.

mugabe disse...

UI, UI...hummmm que sensível !! foi por eu chamar um certo partido de partido de paneleiros ? claro que não são todos, só alguns,...os mais conhecidos !!!
De certeza que lutaste contra o fascismo ? agora são todos uns heróis !!! na altura não sei,..havia muito filhinho da puta !! mas olha, já te topei,..és mais um dos representantes dos iluminados senhores jornaleiros que têm a mania que têm o rei na barriga,....e fica descansado que não venho mais a esta merda de blog, socrático ainda que encapotado, para ler a diarreia mental que por aqui produzes !!!

Júlio P. Andrade disse...

Bom dia

Já sou visitante deste blog há uns tempos, mais de 10 meses. Gosto dele e só uma natural retração me impediu de aqui vir para comentar. Mas hoje tem de ser, pelo seguinte motivo: ainda bem que o sr. Mugabe não volta cá. Pessoas grosseiras e mal educadas como ele não fazem nenhuma falta. Antunes Ferreira (que eu só conheci através do Sorumbático) continue que vai bem. Vozes de burro não chegam ao Céu.
Cumprimentos e muito obrigado

Jorge Sena disse...

Encurtando: este «senhor» Mugabe disfarçado, além de de malcriado, é ordinário. Esqueçamo-lo!!!
Excelente blog. E você escreve muito bem. Já li o «Morte na Picada» e gostei imenso.

mugabe disse...

Boa,....já tens o Xúlio e o Jójó para fazerem claque contigo. Devem ser dois Xuxas de alto coturno....já agora,...parabens ao Pedroso !!! embrulhem-no e levem-no para casa !!!