domingo, agosto 24, 2008





Testar ou tostar?

É, é, é, é mesmo

Gente:
O prometido é devido. E para que não fique a dever nada a ninguém, podem estar descansadinha(o)s que eu, que não devo, não temo. Não sei o que me levou a escrever isto, nem, sequer o poquê. Deu-mo, porém, gozo. Em frente. Ando empenhadíssimo (andamos todos, carago!) em tentar arranjar prémios, ainda que pequeninos para os vencedores. Quando houver novidades, juro que digo. E, já que estamos lançados na Língua Portuguesa, a frase seguinte precisa de ser pontada para que faça sentido. Mãos à obra.

O QUE É É O QUE NÃO É NÃO É NÃO É É


NR – Esta é mais uma colaboração do Carlos Medina Ribeiro, dono e responsável – eu não escrevi irresponsável, ainda que a consonância na vocalização seja, por vezes, também muito traiçoeira… - do www.sorumbatico.blogspot.com, um blogue excelente, cheio de excelentes colaboradores, dos quais o que não é excelente, (aliás, a ovelha ranhosa) é um tal A. F., gordo, desajeitado e desavergonhado. A do bezerro, como terão visto, também foi dele. Muito obrigado Dom Carlos.

Aproveito para vos propor e, mais, recomendar a leitura quotidiana daquele espaço da blogosfera. Adito: nos Sábados não vale a pena. É quando escreve esse tal gajo que se encarrega de vos moer a cabeça aqui no Travessa. Mais faltava…

Espero e ambiciono que não seja caso virgem, o do Medina Ribeiro. Volto a convidar. Quem ache que tem «coisas» que podem interessar a malta e ser publicadas sob o título da secção Testar ou tostar?, é só mandar. O tal Aéfe anafado trata do resto. Obrigadinho.

16 comentários:

Paola disse...

Primeiro os agradecimentos. Foi muito bom ter reconhecido as marcas da sua presença no meu modesto bloguinho.

Segundo as promessas. Vou voltar mais vezes. Seguramente.

Terceiro o livro. Vou lê-lo um dia destes. pela certa.

Paola

Paola disse...

O QUE É É. O QUE NÃO É NÃO É. NÃO É? É!


Que tal?

Paola

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Ferreira:
Será que vc tem condições de escrever em no máximo 20 mlinhas um artigo sobre o acordo ortográfico da língua portuguesa em troca de um soneto meu para que vc o publique no seu Blog?
Se vc conseguir, publico o seu texto no meu próximo post, que farei na semana que entra. Mas é para escrever de modo que os brasileiros o possam compreender.
Um abraço,
Renata Cordeiro

Oliver Pickwick disse...

Lucubrações semânticas aos Sábados, prezado Antunes. É uma boa diversão nestes tempos de aki, blz, e outras pérolas do internet}es. É ou não é?
Um abraço!

Antunes Ferreira disse...

Paolita

B-I-N-G-O!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Faltam duas vírugas, no meu modesto entender..., mas é assim.

O que é, é. O que não é, não é. Não é? É!
Mas (vígula), no essencial (vírgula), é, é, é. Parabéns!

Volta - não como promessa, mas acatando uma ORDEM!!!! Hahahahahahahahaha

Livro - Ou o compras JÁAAAA ou mato-te. Tenho dito.
Qjs

Antunes Ferreira disse...

Insolentísima Senhora Dona Arquitecta Professora Engenheira & Doutora RÊrÊrÊ

Vai já (daqui a umas horitas... porque não chego para as encomendas...)
Saúde?
Qjs

Antunes Ferreira disse...

Dom Olivério Picuínhas

É sim senhor. Mas, uma pequeninha observação: Sábado sem semântica -não é Sábado. Ora toma!

O teu IMEILE? O meu já sabes, mas recordo:
ferreihenrique@gmail.com

E o me(a)u livro, já compraste?
Abs

Rafeiro Perfumado disse...

Estou indo!

Paola disse...

Olá,

Claro que sim. Concordo em absoluto. Com a falta das vírgulas, claro.

Voltar, eu volto. Já cá estou! Olhe para mim aqui!

Assim que o encontrar, sim?

Beijinho

Antunes Ferreira disse...

Rafeiro hamadu, dabu, dabu

Aõ, aõ, de acordo. Ladra sempre que quiseres e aqui não precisas de coleira, muito menos de trela. Ou antes: dar-te trela e tu à muá ékébom!
Absão,ão

Deusa Odoyá disse...

Olá meu doce e estimado amigo.


Obrigado por sua presença e comnetários em meu cantinho.

Quanto a sua indicação entre os poetas de países, irei entrar na embaixada , para ver como funciona.

Adorei estar em seu bloge voltarei mais vezes.
Gostaria de saber se seu livro aqui no Brasil tem outro nome, pois o procurei e não encontrei.

beijos de estima, e uma semana com muita paz.

Te aguardo no meu cantinho.

Regina Coeli.

Antunes Ferreira disse...

Minha adorada DeusaEstou perdidinho por tu (ou será por ti? Dilema dramático)O meu livro não se vende no Brasil, para já. Infelizmente, os editores não têm nada programado para esse efeito.Mas podes comprá-lo pela internet, como eu digo no blogue. Para encomendares, vai ao site deles.Eu reinformo:A editora da obra é a Via Occidentalis (occidentalis@netcabo.pt) cujo site é www.via-occidentalis.blogs.sapo.pt. Preço de capa é € 14,70 + portes de correio. Qjs

Anónimo disse...

Ora lá vou eu tentar por os pontos nos iiis, neste caso a pontuação. Cá para mim, ficaria assim: O QUE É, É; O QUE NÃO É, NÃO É. NÃO É? É.
Agrades

Antunes Ferreira disse...

Se não fosses «anónimo» agartecia-te com linha ClarkCiao

vaandando disse...

meu caro , estou andando por aqu a sorrir , e olhe que sou seriíssimo, de série, mas nela na série !
Essa do Emílio, como Imeil , já a ouvi dos nossos Hermanos !
Ah, escrevi nossos hermanos , pero de que parte !?
cordialmente e mal pontuado !
JRMarto

Antunes Ferreira disse...

Ó Jóta Érre MartoAinda que «respondão» (tem dias e tem noites) aqui fica a minha sulidariedade, pois sou do Sul, alfacinha e sportingusita: são só predicados dum sujeito!!!Abs