terça-feira, agosto 19, 2008





O seio e o cotovelo

Ninguém vai para a frente se não abrir mão do orgulho. Aprendam com este:

Ao aproximar-se do balcão da recepção de um hotel, um homem, ao virar-se, esbarra o cotovelo no seio de uma linda mulher; Meio sem graça, meio envergonhado, ele diz: "Mil desculpas. Se seu coração for tão macio como seu seio é, tenho a certeza de que me perdoará." Responde a mulher: "E se o seu penis for tão duro como o seu cotovelo, o meu quarto é o 1221". Isto sim, é saber perdoar!!!


Origem: Brasil

O Erlic Figueiredo Ribeiro, goês da mais fina cepa (que ainda é meu primo, pois é primo da Raquel, costumo dizer que os goeses são todos primos uns dos outros e alguns franzem o nariz) mandou-me esta estória que lhe foi enviada do Brasil. Tenho de a publicar, sem falta e depressa, aqui no Travessa. Já está.
AF

45 comentários:

•.¸¸.ஐBruneLLa Wyvern disse...

Adorei o humor do texto!
ahahahhaa

istharb disse...

gracias por tú comentario. No he entendido nada de lo que escribes (en portugues)

Un saludo

soslayo disse...

Travessa do Ferreira:

Dizem que o humor é uma manifestação de inteligência, logo pela boa disposição aqui manifestada no seu blogue aponta para um estado de espírito jovem e bem disposto. Agradeço-te a tua visita e as tuas palavras e dou-te os parabéns pelo livro publicado. Concerteza que terá o seu cunho histórico, visto, ter sido uma fase da nossa história que ninguém jamais poderá apagar, daí ter todo o interesse lê-lo. Quanto à idade, isso é um detalhe e não um dado adquirido no aspecto de tudo parar, pelo contrário, o meu amigo atirou-se às novas tecnologias o que denota um vanguardismo de nomeada! Vou linká-lo ao meu blogue para que o possa visitar de vez em quando, porque nem sempre o tempo disponível permite.
Quanto ao AJJ tenho a dizer o seguinte: "tem lutado imenso pela Madeira e eu faço a minha vida normal e a mim ninguém me perturba". Daí haver quem goste e quem não goste! Também vou acrescentar ao meu e-mail o seu e mandarei coisas engraçadas que tem tudo a ver com o género do seu blogue. Um grande abraço.

Antunes Ferreira disse...

Wyverninha

Hoje não Brunellinha pra ninguém!...

Acho que não é um texto - é um monumento. Uma pirâmide ao riso! Até amanhã - ou até logo.

Quanto ao teu
I-M-E-I-L-E????????????????????
Qjs

Antunes Ferreira disse...

Hola Istharb

Te agradezco que hayas venido a Travessa. Tienes que empezar a aprender portugués - con un novio portuga, por supuesto. Yo mismo jajajajajaja!
Sigue visitandome. Si lo quieres, tres veces al día...

Sin embargo, cual es tu IMEILE? El mío lo sabes. Espero por el tuyo

Qjs (es decir quesos a lo mejor que besos, aun estes sean también muy sabrosos. Y además, riman)

Antunes Ferreira disse...

Soslayo

Estragas-me com tantos mimos! Multumesc frumos, como dizem os Romenos, ou seja kitos, como afirmam os finlandeses, ou blago dariá à moda búlgara bulgar em cirílico. Obrigadinho, enfim...

Adoro escrever - coisas mais ou menos sérias e coisas a gozar. Ridendo castigat mores...

Quanto ao Sôr AJJ que salte, que berre, que insulte, está no seu pleno direito e parece que ninguém lhe vai à mão... Mas essa de formar um novo partido? Partido aos bocadinhos - quem?

Já tive pessoalmente a oportunidade de ver o que o patrão tem feito na Madeira. Obra, é verdade. Mas, nem só de pão vive um Homem... De qualquer modo, respeito a tua opinião. Em Liberdade e Democracia é assim.

Vai comprar JÁAAAAAA!!!!!!!!!!!!!!
o me(a)u «Morte na Picada». Depois diz-me o que pensas, obg.

E manda-me o teu I-M-E-I-L-E, sil us plau (sff no mais vernáculo català)

Caté

henry fer disse...

caro antunes, muito obrigado por passar pelo meu blog. gostei do seu, sob tudo pela magia e o humor que tem ao escrever. felicitacoes!
teve que suprimir o seu comment nas confesiones ja que era muito largo e nao iva de acordo com o tema de disscusao. me disculpe. mais todo temos uma certa política com respeito aos nossos espacos.
visitarei su blog com frequencia.

(o meu português esta torcido pela falta dos aditamentos no teclado, e por minha falta de prática, espero sua comprensao)

Chinha disse...

Bommmmmmmmmmm

A história é super gira e bem narrada.

Afinal é possivel sorrir em fim de tarde mesmo com o cansaço do dia.

Um beijo

Antunes Ferreira disse...

Henri de ferro... forjado

Ainda bem que vieste e quero que voltes. Obrigado.

O teu Português é excelente, com umas pequenas falhas de vez em quando. Quanto ao meu comentário enooooooooooooooormeeeeeeeeeee!!!, não te preocupes. O importante é podermos contactar.
E qual é o teu IMEILE? Manda.
E já sabes: podes comprar o me(a)u livro «Morte na Picada» pela internet. Não te esqueças
Abs

Antunes Ferreira disse...

Chinhazinha
OK! 'brigadinho. Volta já amanhã pela fresquinha.
O teu IMEILE?
O me(a)u «Morte na Picada»? Já compraste?

V~e se despachas keu não duro sempre... Hahahahahahahaha
Qjs

Fernando Santos (Chana) disse...

Caro amigo, belo texto com muito humor...Gostei...
Um abraço

Jorge Pessoa e Silva disse...

Caríssimo Antunes Ferreira

Elogiar-lhe o blog até poderia ser considerado insolência da minha parte. Face à desigualdade de percursos profisionais que temos na mesma ára - o jornalismo -, não deixando eu de me considerar um candidato a jornalista, mesmo após 13 anos de exercício da profissão. Quando se tem por referência mestres como Carlos Pinhão, Vítor Santos, Carlos Miranda ou Alfredo Farinha, por exemplo, a realidade mostra-nos que é incomensuravelmente maior o percurso que temos pela frente do que os pequenos passos já dados na profissão.

Quem sou eu para dizer se o blog é bom ou não? Mas nada me inibe de lhe dizer que gostei muito de passar por aqui. E que voltarei. E que lerei o livro.

Um abraço amigo

jorgeabola@gmail.com

Antunes Ferreira disse...

Ó Chana

Conheci um que era hoquista - e bom. Da escola do Padre Miguel, na linha do Estoril. Que chegou à selecção nacional, com todo o mérito.
(Parentética: apesar da pdi, a minha tola vhega a espantar-me. Como ékeu tenho armazenado no cristalini bestunto tantas coisas?...)

Rir é o melhor método de vida, assim seja, amen e aopai.
Abs

Antunes Ferreira disse...

Insolentíssimo Dom Jorge

Não me confundas, Amigo. Se assim continuas, tenho de ir rapidamente comprar um babete de plástico - para não enferrujar da baba.

Conheci, felizmente, essa malandragem toda. Gente bué da fixe. Com o Pinhão e o Miranda ainda fomos várias por uns passarinhos, tadinhos, ali prás bandas do Calvário, mais precisamente em «A Fonte» dos ditos cujos. Ao Farinha mailo João Rocha e ao Chefe Victor com o apêndice Rui, pseudo-sobrinho de conveniência, ainda mamei uns copos e umas quantas gambas al ajillo. Vidas.

Ékeu fui colaborador do Jornal do Binphyka, vulgo a Bíblia, aliás A Bola, durante uns longos quase nove anos. Por vezes, quando se passou a diário, quatro crónicas por semana... Deles tenho recordações - umas melhores, outras piores, mas foi o que se pôde arranjar.

Faziam parte do grupo de JORNALISTAS com caixa alta que me vacinaram com a famigerada pena de pato. E que deu no que deu... Não posso esquecer o Silva Costa, o Fernando Pires, o Mário Zambujal, a Alice Vieira, o António Valdemar, o Saramago, o Zé Ribeiro Ferreira, a Manuela de Azevedo, o Nuno Rocha, os manos Tavares e tantos mais.Honra lhes seja feita. Não renego nenhum, muito menos o que me ajudaram e ensinaram.

Por isso, mea culpa, mea maxima culpa - mesmo sem bater ca mão no peito.

Quanto aos elogios que tu me fazes, deixa-te de tretas. Um dia numa Universidade onde dava aulas nesta lísbia cidade, uma aluna comentou que lhe parecia impossível que eu soubesse tanto - e de tantas coisas. Doutô é imprêssionantje!

Respondi-lhe que não me considerava um enciclopedista militante; quando muito, um adjunto de ajudante de auxiliar de praticante estagiário.

A jovem virgem (???) era brasuca e tive de lhe responder com o clássico dos bailes da Praça da Figueira: «Nada disso, minha querida. Ali dizia-se - roça, roça, que já o Jean Jacques também Rousseau...

Daí que, caro colega/camarada, te diga que lá diz o fado - «cada um nasce para o que nasce, mas traz o destino marcado». Acompanhamento à guitarra e à viola, pelo Martinho da Assunçao e Armandinho.

Fico à tua espera - amanhã e depois, e depois, e depois.
Entrementes vai já comprar o
me(a)u «Morte na Picada». É uma ordem!!!!!!
Abs

Moyle disse...

é a história da humanidade, o eterno combate entre o duro e o mole.

o Moyle vem agradecer pessoalmente a visita.

Marcelo Martins disse...

hehehe...Mas a cantada do rapaz foi genial mesmo,rs.
Quero agradecer a simpática visita ao meu blog.
Sempre bom saber que o que escrevemos agrada algumas pessoas de alguma forma.
Bem interessante o seu espaço também, voltarei com certeza.

Abraços e grato mais uma vez.

Dalinha Catunda disse...

Ferreira, veja a importância do (Se). Toda esta história para evoluir, dependerá do indispensável (SE).
Sinta-se visitado,
Um abraço,
Dalinha

Antunes Ferreira disse...

Moyle

Não tens nada kagradecer. Eu retribuo no que concerne a visitas. Volta quando queiras: JÁAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!!!!!!!!!
E... os dois pedidos:
1) O teu IMEILE?
2) E o me(a)u «Morte na Picada»? Vai comprar JÁAAAAAAAAAAAAA!!!!!!!
Hahahahahaha
Abs

Antunes Ferreira disse...

Marcelão

Tive muitérrimo prazer. Como tenho com esta tua retribuição. O Virgilio Ferreira, um dos maiores escritores Portugueses contemporâneos, escreveu «Da minha língua vê-se o mar». Bonito não é? Mas, sobretudo, verdadeiro. Adaptando: Da NOSSA língua vê-se o mar.

Volta quotidianamente, se quiseres.

E não te esqueças:
O teu IMEILE?
O me(a)u «Morte na Picada» pode ser comprado pela internet. Porra! Que chato eu sou... hahahaha

Antunes Ferreira disse...

Dalinha
Estou definitivamente apaixonado por ti (sem a Raquel saber... É goesa a minha mulher e tenho muito medo dela, ainda que já há 45 anos casados...). Apaixonado, portanto, mas no bom sentido...
Já compraste o me(a)u «Morte na Picada» pela internet? Vá, despacha-te!!!! hahahahaha

Espero-te no msn. Tenho estado ocupadíssimo entre o blogue, o imeile e o novo livro que comecei. Se quiseres ler o início - mando-to por imilio.

cheguevara disse...

gracias por pasar+
te felicito por tu blog*
un abrazo
CHE

Sexo & Fetiches disse...

Muito bom, parabéns pelo blog!

Voltaremos com frequencia...

Beijos & Abraços

CASAL TUGA

Bernardo Moura disse...

HEHEHEHEHEH!!
Muito engraçada esta estória.
Gostei muito da sua visita ao meu blog e das amaveis palavras que me deixou.
Vou-lhe enviar um e-mail para que fique com o meu endereço.
Grande abraço

Antunes Ferreira disse...

¡Che Amigo, el Pueblo está contigo!

Todavía tengo un poster de tu primo Guevara en mi casa. ¿Desde hace cuantos años? Desde siempre…
Pues que seas bienvenido aquí al Travessa. Y que vuelvas pronto. Es decir, hoy por la tarde… Jajajajaja
Por favor: mándame tu IMEILE. Es un orden…
Abs

MaleNa disse...

Jajajaja!!!!

Adorei.


Beijo.


MaLena.

Antunes Ferreira disse...

Ó Casal Tuga

Boa malha! E não m'enr..., digo, enganes. És um/a ganda malandro/a. Só visto. Contado ninguém acredita.
Volta logo
E...
manda IMEILR;
compra o me(a) «Morte na Picada» depressinha
Abs

Antunes Ferreira disse...

Bernardo
Tenho um sobrinho chamado... Bernardo, no Québec, Chateauguay, Montréal, onde vive com os pais e uma irmã. Dezassete aninhos e já fo..., foge da rotina quando vem a Portugal. É bué da fixe!
Fico à espera do IMILIO e da tua opinião sobre o me(a)u «Morte na Picada» - que vais comprar.
Abs

Antunes Ferreira disse...

Malena

Tens uns olhos lindíssimos. Ficas muito bem aqui no Travessa. Multumesc frumos ou seja muchas gracias em Romeno.

Quero rever rapidamente esses olhos sedutores (que a minha mulhetr não saiba desta afirmção...)
E:
manda o tei IMEILE
compra o me(a)u «Morte na Picada». Uffffffff
Qjs

Mateso disse...

por isso estou em vantagem, ehehe.
Agora pelo conteúdo , o seu blog é mesmo aqueleespaço que faz falta humor... lusitano. E que bem sabe. Os meus parabéns, pois.
Voltarei sempre que me apetecer, não faz mal , pois não? Claro que não! E quanto a colaboração, aqui tem uma aprendiz cota disposta a colaborar.
Um beijo.

Mateso disse...

Claro que falta a primeira parte. mas como sou boa aluna vou repiti-la de novo. Ui que trabalheira, não acerto uma.
Ora meu caro Antunes, antes de partir para férias, benditas férias por sinal,li o seu comentário lá para as bandas do meu azul. Mas tal como dizia , ía de férias e pronto, atirei a resposta para o rol das "Tarefas a Realizar pós férias". Ora, infelizmente já voltei e pronto aqui estou.
Agradeço-lhe o convite bem como as palavras e elogio-o pelo seu humor. Mais não digo senão repito o que disse em cima... e parecia mal, não parecia?
Bjinho.

Fátima disse...

Amigo,

Adorei a sua visita e comentário ao meu blog!
Gostei deste post cheio de humor! Gostei muito de conhecer este espaço, vou adicioná-lo ao meu cantinho de amigos! Voltarei de certeza.

:-) um abraço

Antunes Ferreira disse...

Mateso querida

A minha alma está cheia de alegria pela tua chegada. Fico a cruzar os dedos (dos pés?...) para que voltes dia sim, dia sim, aqui...

Já basta de férias! Era bom, mas acabou-se a papa doce..

Conto contigo e com os teus comentários «ao quadrado» que muito te agradeço.

Já agora, os dois pedidos que sempre faço:

1) O teu IMEILE

2) Compra o me(a)u livro «Morte na Picada». Podes fazê-lo pela internet... Sou um chatarrão...

Antunes Ferreira disse...

Fatinha

Estou «sastifeitérrimo»! És uma jóia! Exaro aqui solenemente com abonação e identificação (BI, Nº Contribuinte, atestado de vacinas, carta de condução, passaporte, nº de sapatos, de camisas e de cue..., digo roupa íntima) a minha «interna» gratidão.

Volta já, «minina»! Três vezes por dia, no mínimo...

Já nem peço, lembro:
O teu IMEILE
A compra do me(a)u «Morte na Picada»
Qjs (da Serra)

Gaviota disse...

Muchas gracias por visitar mi página, la verdad que sus palabras me llenan de alegría y satisfacción a que una persona capacitada y con toda esa experiencia me deje un comentario como ese, lograste sacarme los colores, ósea me puse roja, por tan hermosas palabras.


Su libro me parece muy interesante veré como lo adquiero, y desde que lo lea voy a dejarle mi opinión, que bueno que nuestro país le gustara a usted y a su esposa, ya sabe que tiene a una amiga en estos lados y que cuenta conmigo para cuando vuelva a visitarnos, o para cualquier contribución que necesite, doblemente gracias por invitarme a colaborar en su espacio, la verdad que será un grato placer hacerlo.

Muchas bendiciones Abrações, me gusto mucho esa palabra, la ultilizare…

Bueno no entiendo mucho ese idioma pero todo se aprende y con usted de maestro lo aprenderé fácil.

R. A. Riveiro disse...

Agradezco mucho tu visita, mas viendo sus grandes capacidades culturales. Tu blog ya se ha añadido a mi lista de blogs, como el de un amigo mas.
Yo visitare Portugal la primera semana de Septiembre, sera una visita vacacional a la localidad de Albufeira, desconozco esa parte de Portugal, solo de oídas, la verdad es que me gustaría saber si es una zona tan buena como dicen y conocer algo del lugar, si no es pedir demasiado.
Seguiremos en contacto por medio de nuestros blogs, y que sepas que acepto los comentarios en portugués, me costara un poquito traducirlos pero lo haré. Un saludo y gracias.

Antunes Ferreira disse...

Gaviota

Mira, niña, que nosotros decimos gaivota… Nuestros idiomas son muy parecidos. Lo más importante es empezar a entender la construcción de las frases – y ella es casi igual a la castellana. Bueno, a ver si encuentro uma gramática portuguesa fácil, para los pequeños de 8/9 años. Ya verás que no es difícil.

A ver si te puedo enviarte también un diccionario portugués – español y español – portugués sencillo también. ¡Cuando lo encuentre – zttt! ¡ Es decir – sigue! De golpe.

Nosotros no pensamos volver en los próximos tiempos a tu país. Sin embargo, seguiremos con nuestras charlas por internet. Si quieres saber algo más sobre Portugal – consulta Wikipedia. No está mal. Pero hay sitios portugueses buenos. Después te los enseño. ¿Vale?

Y no te pongas roja… No vale la pena… Un «anciano» como yo no lo merece… lol lol lol.Pero, por tu foto aun que minuscula, eres linda.

Puedes comprar mi «Morte na Picada» por internet. El comentario que te dejé explica todo.
Un orden, por supuesto: ¡Mándame tu I-M-E-I-L-E!
Qjs (Es decir quesos, que rima con besos y, a veces, son más sabrosos. A veces…

Safira disse...

Olá!

Passei por aqui, para deixar a minha impressão digital. Através de outros blogs que frequento encontrei este link, e numa de curiosidade, atravessei a blogosfera e cá estou, e claro, a sua escrita plena de humor não deixa margem para dúvidas. É que além de escrever bem consegue fazer humor, uma manifestação de que é uma pessoa inteligente.
Gostei do que li, vou voltar. Parabéns!

Safira

Antunes Ferreira disse...

Riveirito

Ora muito bem. Em português simples: muito obrigado. Pela tua visita e pela gentileza de aceitar que escreva na minha língua. Que também é um pouco tua, caro primo/irmão.

Albufeira é preciosa. Nesta época, costuma haver muita gente no Algarve, principalmente turistas. Vais gostar. Vens com a família? Se vierem também ficarão muito contentes.

Podes aproveitar para percorrer o Algarve pois Albufeira fica praticamente no centro da Região. É a al-Buhera árabe. E tens uma autoestrada gratuita que é a via do Infante D. Henrique. Que atravessa todo o Algarve.

Uma sugestão: em Vila Real de Santo António, separada de Ayamonte pelo rio Guadiana,e mesmo em frente uma da outra - há uma ponte estupenda - organizam passeios fluviais, até bastante acima. Vê se consegues fazer o passeio que é bonito. Minha mulher Raquel e eu fizemos o passeio há dez dias. Adorámos.

Em Vila Real de Santo António podes comprar os bilhetes para o barco.

Almoço a bordo e dois conjuntos musicais: um português e outro espanhol. As pessoas bailam durante toda a viajem... É muito alegre. E a época é muito boa.

Se precisas de mais alguma coisa, manda-me um IMEILE a que respondo logo que chegue. E manda-me o teu. O meu é ferreihenrique@gmail.com. Nele tens todos os meus dados. Podes telefonar-me se quiseres.

Boa viagem e boa estada.
Abs

Antunes Ferreira disse...

Safirazinha

Nome de pedra preciosa - dona preciosa. Ainda bem que gostaste do Travessa. Volta quando quiseres, as vezes que quiseres... por dia...
Fico à espera.
Peço-te também:
A) o teu Imeile;
B) Compa o me(a)u livro «Morte na Picada». Podes fazê-lo pela internet
Qjs

GMV disse...

Querido Antunes Ferreira,
é sempre uma alegria passar por aqui, neste espaço de boa disposição e de intercâmbio cultural!
E é sempre uma honra também, por ser a pessoa que é.
Bjs

Antunes Ferreira disse...

Gmv
Alegria, honra, boa disposição, intercâmbio cultural!!! E, +, por ser a pessoa que sou.

Engasgo-me com tantas provas de Amizade que, ainda por cima, se calhar não mereço... Mas, prometo emerdar-me (com n). De tão desnorteado até já troco as letras das palavras, lol lol lol...

Vamos a contas: o teu I-M-E-I-L-E?
E o me(a)u «Morte na Picada»? Já divulgaste? E já compraste pela internet? Força cachopa!!!!

Francisco disse...

hehehehe

Tem piada sim senhor :D

Belo blog Antunes Ferreira, cá irei passando.

Abraço.

Antunes Ferreira disse...

Insolentíssomo Senhor Francisco - quê?

Boa! Alegro-me pela tua visita a este ínfimo blogue. Bem hajas. E fico até ruborizado com o «belo blog». Sou tão tímido e envergonhadíssimo...

Três impostos - porra! não são os das Finanças, são os que imponho:

1) O teu Imeile?
2) A compra do me(a)u «Morte na Picada»
3) Volta todos os dias, de manhã, pela fresquinha, à tarde, à hora do chá, e à ceia para que eu não faça cara feia! Hahahahahahahahaha

Além disso, que é pouco, espero comentário de resposta. Habemus ad dominus
Abs

GMV disse...

Caro Henrique,
o meu IMILIO já seguiu para o seu EMEILE. Um pedido seu é quase uma ordem. Bom resto de semana.

Antunes Ferreira disse...

Bela Gmc
Cá «arrecebi». Agradeço-to. Agora só falta mesmo o «Morte»...
Qjs