segunda-feira, agosto 18, 2008



Não gostava
de me chamar Phelps

Antunes Ferreira
P
alavra de honra, que não gostava de me chamar Phelps. E então, nem pensar que o primeiro nome fosse Michael, para os amigos e outros, Mike. Abro uma excepção: adorava, porem, empochar os milhõezitos que o norte-americano ganhou com esta estória de levar de Beijing oito medalhas de ouro e sete recordes mundiais. Ora bolas: já agora, podia ter batido mais um WR e não se ficar apenas pelo Olímpico. Há coisas que não se fazem – nem a brincar. Este, para já, é um dos motivos da minha declaração inicial. Não gostava, pronto. Ponto.


Mas há mais. O pobre do Mark Spitz que se desunhara em Munique 72 para alcançar sete das boas, fiou, face ao ocorrido, a chuchar no dedo, c’a desilusão. O açambarcador de Baltimore pô-lo de rastos. Spitz ficou pelas ruas da amargura. Há coisas que não se fazem – nem a brincar. Anoto: segundo motivo para a minha afirmação já referida.

Siga a dança. Os traumas que os adversários do Tubarão sofreram – quem os paga? Phelps não, pela certa. Nadadores que passaram tempos enormes a bater as pernas em treinos consecutivamente permanentes, ficaram a bater os dentes. De frio, por mor do desengano, ainda que o cubo da capital chinesa não desse motivos para tal. Mas a alma enregelada é um drama. Há coisas que não se fazem – nem a brincar. Por conseguinte, terceiro motivo em que se apoia o primeiro parágrafo.

Há N motivos mais, mas não vou incomodar Vossas Insolências com uma enumeração que seria, no mínimo, uma concorrência desleal às Listas Telefónicas, incluindo as Páginas Amarelas. A panóplia seria, então, mais comprida do que a légua da Póvoa. Há coisas que não se fazem – nem a brincar. Eu, pelo menos, não faço. Já basta o Michael, para os amigos e outros o Mike.

Mas gostava que meninas que lhe apalpam os… abdominais, também assim me tratassem. Já sei, sou velho e sou gordo. E esqueci-me dos abdominais, nem sei sequer onde os terei deixado. Mas, para o caso (e para as jovens em causa) o cu nada tem a ver c'as calças. E, gostava principalmente, das ma$$a$. Mesmo em dólares. Ou em euros. Apesar da moeda europeia estar a desvalorizar em relação à americana. Mesmo assim, era tiro e queda.

21 comentários:

Esther disse...

Hola! estoy aqui en tu blog devolviéndote tu amable visita, no entiendo portugués he estado buscando traductores de páginas webs de portugués a español,pero no lo he encontrado me lo pasaba a inglés.

Si eres tan amable y sabes de alguno te lo agradecería ,así podría leerte..

Saludos :)

Roy Jiménez Oreamuno disse...

É impressionante cifra deste nadador, é excepcional, eu vi os seus poderes, e estou impressionado.

Pasaran anos até esta novamente algarismo outro calibre como Phelps.


O correio é: royjimenezo@gmail.com

Saudações

Ether: este es muy bueno:Es el de Google. Espero te sirva.
Saludos

Camilla disse...

Michael Phelps é um fênomeno nas águas...

Beijos!!

Antunes Ferreira disse...

Esther
Aquí estoy en castellano… Creo que es un poquitín más fácil para ti ¿vale?
Mira la ayuda de Roy. Esto es muy interesante: auxiliarse unos a los otros. ¡Una vez más te digo que estoy muy feliz! Con gente tan buena y con tal compañerismo uno tiene que estar contento.
A ver si te arreglas con el diccionario ese (de Google) que Roy ha presentado. No lo conozco.
Espero que vuelvas lo más pronto que te sea posible.

Qjs (que quiere decir quesitos = queijinhos en Portugués…)
IMEILE es e-mail… ¿Vale? Es una «invención» de mi autoría… ¿Te gusta?

Antunes Ferreira disse...

Ill. Señor Don Jiménez

¡Vaya que eres un tío estupendo, coño! ¿Sigo con mi castellano bárbaro? Tu portugués está más o menos bien. Tienes que platicarlo. Así que te escribo y escribiré en el idioma de Camões, de Pessoa, de Saramago y de… Henrique (con H) Antunes Ferreira.
Então, espero que não tenhas problemas com o que eu escrevo. Se os tiveres, só tens que me avisar para mudar de língua…
Abs

Antunes Ferreira disse...

Adorada Camilla (com dois ll...)

Contigo posso usar a nossa língua, o Português! Um destes dias, ainda misturo o nosso com o Espanhol, o Francês com o Italiano, o Inglês com Alemão (um pouco) e o Romeno (quase nada) com o Polaco (sei dizer sete palavras. Por ex: Denkuje barzo = muito obrigado...)

Entre o «fenómeno» e a garota - vou por ela. Hahahahaha. Ainda continuo a gostar muito de mulheres, apesar da moda que vai por aí... e cresce, não sei onde... Mas não se pega, felizmente...
Qjs

Roberto Esmoris Lara disse...

Aquí estámos colega de oficio y de edad. Tuy recorrida por América va a dejarte buena cosecha...somos gente que aprecia la calidad de los vinos y la gente (en ese orden).
Tu blog está en mi lista de Argentina, la de lkos buenos ciber-vecinos.
Un abrazo generoso y ata amanha!
REL

Aqueduto Livre disse...

Ó companheiro, num poste sobre nadador e natação sai-se-me com esta pérola: "(...) o cu NADA tem a ver com as calças (...)""

Desde quando é que o cu é chamado a derimir matéria anfibia?

Desde quando o cu é chamado a perorar sobre assuntos aquáticos?

Olhe, na próxima, deixe-o só a "olhar" e nunca a NADAR!

Reserve-o p'ra assuntos de mor gabarito (não confundir com gabirú...).

Abração, insolência,

Zé Albergaria

Antunes Ferreira disse...

Roberto
¡Qué bueno que hayas venido a este pobre blog! Creo que voy a mesclar todos los idiomas que (+/-) domino. Sin embargo, son algunos… Entre Portugués y Francés, Inglés y Alemán (un poquito…), Italiano (algo) y Castellano, un poquitín de Romano e siete palabritas de Polaco (p.ex. - Ulitza = calle), cuatro de Finlandés (Kitos = gracias) y tres de Húngaro (Nagyon köszönöm = muchas gracias) así que vivo…
Tengo – tenemos mi mujer, Raquel y yo) muchos Amigos Argentinos. Por supuesto, desde ahora, tu eres uno de ellos. ¿Vale? Diego Limeres es un diplomático que estuvo aquí en vuestra Embajada como Consejero. Sí lo buscas en el Ministerio de Relaciones Exteriores y lo encuentras, háblale de mi y ya verás… Un queso (lo uso como si fuera beso…) a su mujer, Maxi.
Bueno, envíame por IMEILE o IMILIO (preciosas invenciones mías) 250,78 kgs. de carne de las Pampas y unas botellitas de vino argentino, por supuesto. Es que nosotros no lo tenemos aquí en Portugal… Jajajajaja!!!!
I también tu IMEILE. ¡De golpe! Vos estás obligado a hacerlo. ¡Esto es un orden!...
Abs

Antunes Ferreira disse...

Meu Amigo Aqueduto (das Águas Livres?)
Ó Albergaria, só tu e mais ninguém, como cantava o Ruy de Mascarenhas, tadinho, logo com um defeito d'aqueles que hoje estão na moda, salvo seja, te lembravas do nada de nadar. Nada!!!!

Se um dia fores prá bicha (eu não disse «pra») dos malandrecos, serás logo o primeiro. Não faz mal; gosto de ti assim... Porra! Com boas intenções!!!!!!!!!!
Abs

Zé Oliveira disse...

...hombre! Creo que no lo sabes, pero los castellanos usan con mucha frecuencia la palabra "emilio" para significar e-mail!
Lo afirmo, solo para que no olvides que es vardad.

Lo quezo no te regalo (te regalavas, bribón!) pero un abrazo si.

Cereja_Azul disse...

Acabei de saber da existência deste blog, fazendo a minha visita diária ao blog do meu Amigo Gandalf.

Estou a gostar do que leio, fiquei radiante por mais alguém, sem ser eu, deu um novo nome aos mail's; o meu é emílio :)

Quanto ao Phelps acho que o que o ajuda são as orelhas eheheheh

Beijos

Sir Stephen e SUA {íSiS} disse...

vim lhe agradecer a formosa visita que me encheu de algrias nesta tarde de ol vermelho1
Fiquei encantada com taantas coisas boas para se ler no seu espaço!
Com toda certeza voltarei mais vezes!
Grande beijo no seu coração
{íSiS}
PS: o e meu mail isis_de sir stephen@yahoo.com.br
tem tb na resposta no meu blog

Antunes Ferreira disse...

Zequinha

Onde meteste a Lélé? Não respondo a provocações - mas queso é com s; não te preocupes: não há de ser nada. E, se for, que seja uma minina de 18/19 aninhos. Penso que ainda te recordas do que é...
Abs

Antunes Ferreira disse...

Criança de nome egípcio-anglo e etc.

Excelente. Muiíssimo obrigadérrimo pela resposta. Visita quotidianamente, de manhã, à tarde e à ceia este Travessa que fica absoluta e permanentemente aberto para ti.

Óptimo/ótimo o envio do teu IMEILE. Agora falta comprares o
me(a)u livreco...

De Sir só conhecia o Sar...aiva.
Qjs

Antunes Ferreira disse...

Cerveja, ops, Cereja

Isso é o que se chama colocar a cereja no topo do bolo. E, ainda de sangue nobre (azul...)

Olha minha querida: os nomes dos imeiles são como as cerejas. Vêm uns atrás dos outros. Sendo assim, tudo bem.
Phelps? Quem é? Aquele rapazito de Baltimore que ainda cheira a cu...eiros? E nada com as orelhas? Podia ser com outra coisa, mas quem sabe se ele não será dinamite puro - mas com um rastilho pequenino...

Claro: manda o IMEITE e compra o
me(a)u livro. Pela net se assim o entenderes. Carças: só faço propaganda... Já chega!!!
Qjs

Gaviota disse...

Mais cela est excellent, bon à savoir le français, afin que nous puissions communiquer, je sais ce charmant récit, je pense que son espace très intéressant, un enseignement de qualité et de nombreux Qjs

Deseo disse...

impresionante lo de este nadador!
impresionante!!

Antunes Ferreira disse...

Gaviota

Chéri
Je suis épaté ! Toi, tu parles aussi le français ! Ravissant ! Moi, j’ai commencé à l’apprendre quand j’avais 10 ans, c'est-à-dire, quand je suis entré au lycée. Et je crois que, encore aujourd’hui je m’en débrouille. Donc nous pouvons l’utiliser. Bon, mais je crois qu’on peut continuer avec l’espagnol. Qu’est ce que dis ?
Mais, de toute façon, je te remercie bien. Je t’attends toujours ici. Et, il faut que tu commences à étudier le portugais…
Fms (Fromages…)

Well, my Dear
I can, also, use my poor English. If you want – do it. But I remind you: I prefer Spanish.
Chs

Meine liebe
Ich kan Deutsch sprechen, auch. Aber es ist sehr schwer. Ich habe gelernt aber ich habe vergessen... Danke schön
Ks

Carisima
Io parlo un puó de Italiano, ma non troppo... Va bene, peró si tu vuole possiamo usarlo. Grazie tante
Fmg

Romano
Eu nu ştiu romanest. Mic, mic, puţtin, puţin. Mulţumesc frumŏs
Brz

Antunes Ferreira disse...

Deseo

Muy bien, de acuerdo.
Dos pedidos:

1) Mándame tu IMEILE
2) Comprate mi libro «Morte na Picada» por Internet... jejejeje
Qjs

Ritinha disse...

considero o michael phelps o heroi dos jogos olimpicos... é preciso ter mt fibra para s conseguir o k ele conseguiu