sábado, setembro 08, 2007


************
O APANHA BOLAS
***********

Ou oito ou oitenta

Antunes Ferreira
Ora cá temos o célebre duche escocês. Perante a multidão que enchia literalmente o estádio da Luz, e com o jogo aparentemente controlado, tudo parecia serem rosas no regaço dos Portugas. Mas, eram espinhos. O público, tipicamente lusitano, nos momentos difíceis cala-se, ou, pior, assobia; nos de alegria transfigura-se euforicamente. Ou oito, ou oitenta.

Veja-se o comportamento dos três mil polacos que se encontravam nas bancadas: o apoio à sua selecção, sobretudo no período em que se viram em palpos de aranha face à endiabrada pressão dos lusos. Pareciam 300 mil. No entanto, após o golo milagroso de (quem havia de ser) Cristiano Ronaldo, o pessoal começou a cantoria calina: só mais um! Só mais um! E os polacos fizeram-lhe a vontade…

Não interessa aqui acusar o Ricardo de ser frangueiro, tanto se tem dito, repetido, tripertido a anedota. Não me detenho aqui a criticar Scolari porque devia ter posto o Quaresma desde o primeiro minuto, porque devia ter convocado mais um ponta de lança, porque tardou nas substituições. A selecção nacional podia ter ganho – mas não ganhou. Nem perdeu, só para acompanhar o Amigo Banana. Empatou.

Parece que nos especializamos em ser uns empatas. Nos relvados e noutros locais e horários. Louve-se uma circunstância: muito fizeram os nossos para alcançarem a glória. Ficou-se pelo insípido 2-2. Como dizia o rifão, adaptado, ontem, na segunda circular, há dias em que não se pode sair de casa… à noite.

(Foto Maisfutebol.iol.pt)

1 comentário:

António Mocho, Lisboa disse...

……..fazer exercício é bom e protege a saúde….dizem…..mas mesmo assim todos os grandes desportistas morrem !!!



A nossa selecção merece todo o apoio, por isso, na 4ª.feira vou ao Alvalade XXI - onde habitualmente tenho lugar - e espero que, apesar de todas as “manias” do sargentão Scolari…………,PORTUGAL ganhe tranquilamente à Sérvia.

Este SCOLARI que fez muito pela Selecção, tem uma postura muito pró-activa e “domina” bem os rapazes….mas às vezes tem períodos de grande confusão ou teimosia…..

Por mim como treinador de bancada (aliás com grande currículo !), há muito que se impunham as mexidas feitas para o jogo da Polónia. O Bosingwa tem lugar directo, pois o Miguel nem no Valência tem jogado…; deixar o P.Ferreira na bancada sabendo que se o azar batesse à porta do Caneira (como aconteceu) não tinha defesa-esquerdo, enquanto no lado direito havia mais opções para um caso de azar da direita (até aqui a direita esteve por cima !!) é estranho.

Mas ele é que é seleccionador, apesar de não ensinar ou mesmo obrigar o nosso meio-campo a defender e não deixar o adversário “atirar” de longa distância sem oposição, à vontade, como aconteceu algumas vezes e deu 2 golos á Polónia…